terça-feira, 22 de julho de 2008

Feliz Aniversário pai !



Hoje é seu aniversário pai, estaria completando 65 anos. Mas você não dava a mínima para datas comemorativas, provavelmente dispensaria de cara o famoso bolo com velinhas e a social com a família pra comer somente o bolo, depois, me pegar pela mão e me levar pra passear de carro, só eu e você, ou simplesmente caminhar, caminhar, contar suas histórias, você era este mestre contador de histórias e trazia em seu coração tantas memórias, e com essas histórias me ensinar alguma coisa.
Esse seria seu aniversário perfeito. Depois voltaríamos para casa, veríamos juntos TV, ou ouviríamos uma boa música e você continuaria contando suas histórias até me fazer dormir.
Queria te dar de alguma forma um presente hoje, escolhi te escrever. Pensei que fosse fácil te fazer um poema ou escrever pra você pai. Mas vejo que tua vida foi um poema difícil, que a gente não pode escrever. Então descrevo meu coração pra você, meu presente será esse, demonstrar o que sinto por ti.
Sentir sua falta é algo inexplicável. Com sua proteção eu não temia nada. Daria tudo para poder novamente segurar tua mão, te abraçar forte, ouvir a sua voz, sua gargalhada alta, te escutar e conversar os seus assuntos preferidos.
Você foi a coragem em pessoa. Hoje, você é o meu "poder crescer", você é a minha cabeça, são os meus conselhos, você é aquele que me defende, que me salva dentro de uma tempestade, me tira de um incêndio de mentiras, me mostra as verdades, tenta sempre ser justo. Quer apenas a minha completa felicidade. Gosta de mostrar a luz, a luz da vitória e me diz as oportunidades que o mundo dá. 
Tento ser forte dia após dia, é muito difícil pra mim, mas quando lembro de você, volto a ser criança, e isso me traz paz e me sinto acolhida pelas suas lembranças.
Lembro que nós tínhamos nossos segredos e códigos, isso me fazia sentir importante pra você. Quem diria que por de trás daquele rosto fechado e cara amarrada tinha um coração moleque querendo brincar? Que por de trás daquela voz grossa tinha um menino criativo querendo falar? Quem disse que aquelas mãos grandes e fortes (e pesadas!!!) não sabiam fazer carinho? Que dentro daquele peito largo e viril não tinha um coração de pudim que se desmanchava quando via sua filha chorar e te chamar quando sentia medo do escuro.
Um homem daquele tamanho que ria de desenho animado, que adorava quando o Pica-Pau levava a melhor, que me ensinou que nem sempre os "mocinhos" eram bons e que os "vilões" eram realmente maus mas precisavam ser respeitados, que imitava o Incrível Hulk pra me assustar e me levantava até o teto e gritava "Shazan". Que amava os animais, principalmente cachorro e cavalo. Dizia que a maior covardia do ser humano era maltratar criança e bicho.
Todo esse seu lado eu conhecia como ninguém, o que te faz um grande exemplo cada vez mais pra mim. Porque a tua sensibilidade em ser criança de vez em quando, sorrir, brincar, se sensibilizar, não diminuía em nada minha admiração pela sua grande força e nem a imagem da grande muralha que você sempre foi.
Me ensinou que todo homem guarda um sonho de criança, e hoje eu guardo os meus sonhos de criança também. E não tenho vergonha de admitir ser criança de vez em quando, de querer colo, abraço, atenção.
Te amo pai, por você ser diferente, especial e o alicerce da minha vida. Quero que saiba o quanto você é importante e maravilhoso no meu caminho. Este homem que eu admiro tanto e sempre vou admirar.
Pai, desculpa os erros querendo acertar, desculpa a pouca maturidade em não entender certas coisas, eu era uma criança, mas hoje enxergo cada gesto seu e obrigada por acreditar que eu poderia chegar até aqui. Obrigada por sempre valorizar quando fazia algo de bom, por nunca deixar ninguém me machucar, por sempre mandar notícias suas quando estava longe, se preocupar e me colocar em primeiro lugar em tudo. Com você eu sempre me senti especial, necessária, importante, pela sua confiança plena em mim, por ser sua confidente. Obrigada pai! Eu nunca me esquecerei de nada disso.
Eu vi recentemente, em um filme, uma frase que me lembrou muito uma coisa que você me dizia sempre, era mais ou menos assim: "Se alguém disser que você nunca será capaz de realizar algo que queira muito é porque esse alguém nunca conseguiu realizar nada e por isso acha que ninguém conseguirá, mas você consegue, então nunca deixe ninguém dizer que você não conseguirá!"

Sua filha com orgulho,

Yv


P.S.: Dedico a você pai, essa música, chama-se:

“Wherever You Will Go” (Eu vou para onde quer que você vá)

Ultimamente, tenho pensado
Quem ocupará meu lugar
Quando eu me for, você vai precisar de amor
Para iluminar as sombras do teu rosto
Se uma grande onda cair
E cair sobre nós todos
Então entre a areia e a pedra
Você conseguiria se virar sozinha?

Se eu pudesse, então eu iria
Eu vou para onde quer que você vá
Bem lá em cima ou lá embaixo
Eu vou para onde quer que você vá

E talvez eu descubra
Um modo de conseguir voltar algum dia
Para cuidar de você,
Para te guiar nos seus dias mais negros
Se uma grande onda cair
E cair sobre todos nós
Então eu espero que haja alguém lá
Que possa me trazer de volta para você

Se eu pudesse, então eu iria
Eu vou para onde quer que você vá
Bem lá em cima ou lá embaixo
Eu vou para onde quer que você vá

Foge com meu coração
Foge com minha esperança
Foge com meu amor

Agora eu sei exatamente como
Minha vida e o meu amor poderão continuar
Em seu coração, em sua mente,
Eu ficarei pra sempre com você

Se eu pudesse, então eu iria
Eu vou para onde quer que você vá
Bem lá em cima ou lá embaixo
Eu vou para onde quer que você vá
Se eu pudesse voltar no tempo
Eu vou aonde quer que você vá

Se eu pudesse fazer com que você fosse minha
Eu vou aonde quer que você vá
Eu vou aonde quer que você vá

Nenhum comentário: