sexta-feira, 28 de novembro de 2008

O Último Anjo - Isabella Taviani

"Todo anjo tem medo...também..."




E se eu quiser gritar
Você ensurdecer
O sol cair no mar
e de frio morrer em pleno verão

Tá tão estranho aqui
Pareço desfocar o que você sorri
Por pura intuição

Se a água não correr
A lua despencar
O horizonte inteiro verticalizar
Inverter a rotação

Me traga a sua mão
Varinha de condão
Reze uma oração
Pai, filho e espírito são

Somos o meio entre o princípio e fim
Fomos o freio entre o bom e o ruim

Me dê um chão pra pisar
Um coração para amar
Me trate bem
Sou um anjo caído do além

Me trate bem
Todo anjo tem medo também...

"Ainda que eu falasse a língua dos homens
E falasse a língua dos anjos
Sem amor, eu nada seria"

Nada seria...


Um comentário:

trovador disse...

Que saudades daqui!!

Nossa, estou com mto sono, mas finalmente um tempo pra poder ler-te e ouvir-te!

passa no meu blog que tem surpresa pra ti ^^

beijooos
au revoir Yv!!