quarta-feira, 11 de março de 2009

Inconsciente Pessoal, Complexos e Símbolos - parte final



Sobre o conceito de Self

Ainda no volume IX das Obras Completas Jung apresenta relevantes considerações a respeito do arquétipo do Self, que é a um só tempo, o arquétipo central e o arquétipo da totalidade. Sua estruturação pode assumir a forma circular, como a Mandala, o círculo mágico, assim como a estrutura quaternária, o quadrado.

O Self, quer seja como arquétipo central ou como arquétipo da totalidade, pode assumir diferentes dimensões de acordo com o contexto. Por isso compreendemos que, cada sistema, invariavelmente, tem um centro e pode ser representado imagética e simbolicamente por um elemento único que holográficamente contenha, em si, as partes e o todo. Assim, o Self pode se apresentar como Self individual, quando analisamos a dimensão da totalidade do indivíduo; Self familiar, quando na dimensão da totalidade da família; Self cultural, quando na dimensão da totalidade da cultura ou Self cósmico, quando na dimensão da totalidade cósmica.

Segundo Jung, a natureza do Self é dual e se expressa na fenomenologia dos opostos, ou seja, na sizígia. A energia psíquica é proveniente desta tensão entre opostos que se constitui como a base energética, o manancial, a fonte de toda a energia circulante no sistema. Esta energia obedece a todas as leis que regem as transformações energéticas de qualquer sistema e se alteram e alternam tanto nas qualidades quanto nas quantidades sendo a melhor representação da imagem arquetípica do Self no âmbito individual e cultural a imago dei ou a imagem de Cristo. Enfim, podemos entender que tudo que existe tem um Self, um centro, um elemento central que representa sua estrutura e ao redor do qual os demais elementos se posicionam.



(Jorge L. de Oliveira Braga – Analista Junguiano - AJB)

2 comentários:

Guinevere disse...

Bom Dia!
Obrigado pela visita, seu espaço é ótimo, voltarei sempre!

Bênçãos Plenas!
)O(

Chá das 5 a meia-noite disse...

Mais um selo Premio Dardos para você.Beijokas.