quarta-feira, 8 de junho de 2011

3º aniversário do Metamorfose !!!

O Vôo da Borboleta

Mais um ano comemoro esse trabalho que hoje é acompanhado por quase 200 seguidores.
Nesse aniversário gostaria de compartilhar como foi essa 3ª fase onde posso defini-la como o “Vôo da Borboleta”.

Como precisei dar vôos mais altos e mais ousados, estive ausente por quase todo ano, não podendo postar diariamente como antes. Infelizmente muita coisa ficou de fora pra contar nesse espaço, mas acreditem, foram muito bem vividos na prática. Dividir meu tempo com trabalho, filhota em idade escolar, atenção ao maridão, estar com amigos, os problemas do dia a dia, as lutas diárias, enfim, muitos vôos, realmente acho que foi o ano que menos postei aqui e confesso, senti muita falta.

Toda vez que posto não só coloco minhas experiências, como também meus sentimentos mais transparentes sobre cada vivência. Cada poesia, cada música, pesquisas, estudos e fotos são escolhidas com muito cuidado, tudo tem sua história, seus símbolos, suas “entrelinhas”. Nada aqui é colocado ao acaso. Tudo tem vida, tem peso, força e presença.

Minha espiritualidade tem dado um retorno muito gostoso, tem combinado perfeitamente com minha vida, minha história, com as coisas que acredito e com as pessoas que admiro e convivo. Hoje posso olhar todo esse processo de 3 anos do Metamorfose e enxergar um equilíbrio como nunca antes encontrado. E essa caminhada, como foi citado anteriormente, tem levado a outras pessoas o mesmo significado, pois continuo a receber todos os dias e-mails delas me contando suas experiências e dizendo o quanto o blog tem feito bem a elas. Algumas conheço pessoalmente, outras só pela internet, Facebook, etc, mas sempre estão muito presentes, participando, interagindo. Como medir tamanha felicidade desse relacionamento? Não tem como explicar, é mágico mesmo...(vou sempre dizer isso).

Entre idas e voltas, entre dores e alegrias, surpresas boas e decepções, dúvidas e certezas e o que as pessoas consideram como “certo ou errado”, sobre tudo isso, o Metamorfose está aqui, continua mais vivo do que nunca. A morte aqui é um fator muito importante, não como significado do fim, mas para demonstrar que tudo precisa ser renovado. Morte como o fechamento de mais um ciclo, pois nossa Roda da Vida continua. E que apesar da dor do luto pelas histórias, situações e pessoas que se foram, tudo renasce de alguma forma. E esse renascimento vem acompanhado de lindas lembranças através da música, da poesia, da identificação com determinado estudo sobre a mente, alma, comportamentos e até com nossa espiritualidade.

Nesse 3º ano, queria agradecer demais a todos, em primeiro lugar ao meu marido Alexandre e minha filha Sarah que são os meus amores e minhas duas colunas de sustentação, Ale obrigada por abraçar o Metamorfose, pelo respeito e admiração ao meu trabalho e por tudo que faço, prometo que voltarei a me dedicar e ajudar no seu blog também, o Dragão Celta, não desanima, me aguarde.

Agradeço ao meu mestre Herne, que é meu equilíbrio emocional e espiritual, obrigada aos amigos e seguidores que compartilham, participam e fazem com que esse blog faça ainda mais sentido, até aos seguidores mais anônimos eu sou grata. E aqueles especiais que se foram mas ficaram vivos na lembrança de cada pedacinho desse blog.

Agradeço a Luz e a Sombra, sem vocês não há Roda da Vida e nem as nossas metamorfoses.

Por Yv Luna