terça-feira, 6 de março de 2012

Praticando e Ensinando Magia


Não é suficiente dizer que você é um "bruxo, bruxa ou magista" para praticar magia.

Você deve também viver como um.

Não procure desculpas para se esconder através de seus medos.

Aceite a responsabilidade para suas falhas e para seus sucessos.

Comemore as fases da lua e da mudança das estações.

Não assim, porque é parte de um calendário ritual, mas porque estes atos mantêm a integração da natureza e do espírito.

Não só o espírito dos Deuses, mas os espíritos de todas as entidades no universo, que são iguais.

Toda a vida é sagrada; todos os atos são rituais .

Suas ações devem refletir sua própria divindade a todos os seres.

A responsabilidade para o ambiente e com os habitantes da TERRA deve ser evidente nas atividades de sua vida diária.

Não utilize há mais da TERRA do que você necessita para viver.

Nós somos meros visitantes aqui; a TERRA é eterna.

A riqueza e a fama não são ingredientes necessários por uma vida mágica.

Saiba que a alegria da vida é um presente.

O poder é um presente sagrado e deve ser usado sabiamente com humildade.

O orgulho causará finalmente a falha.

E o poder nunca deve ser usado para provar sua habilidade ou como forma de competição. Deve ser usado para criar a felicidade, não tristeza.

Esteja certo de suas intenções ao executar todo o ato.

A Magia não é boa nem má positiva nem negativa.

As intenções é que determinam o trajeto em seu resultado.

O ato feito com honra é aceitar a responsabilidade para suas ações.

Muito prazeroso é proteger o que se ama, mas esteja disposto aceitar também as conseqüências de suas ações.

As palavras são sagradas, use-as sabiamente.

Aprenda compreender os outros.

O conhecimento é a fundação do ofício.

Nunca acredite que você sabe bastante !!!

Ensine aqueles que desejam verdadeiramente aprender, mas fique sempre atento para que você não ensine aqueles que desejam somente te servir ou prejudicar outros.

Ensine o ofício com orgulho, mas não para realçar seu próprio orgulho.

Reconheça que mesmo os iniciantes, em seus estudos, podem lhe oferecer lições que você necessita.

Viva sua vida de maneira que esteja acima da reprimenda por parte do resto do mundo.

Fazendo assim, você trará a honra a todos da comunidade.

Não se sinta envolvido nos sentimentos do ódio e da raiva expressados por outro.

Possa olhar em um espelho verdadeiramente sem medo.


(por Ayesha Tamarix para OLD RELIGION:  http://www.oldreligion.com.br/novo/colunistas/colunas/index.asp?Qs_idColuna=109)


Nenhum comentário: