sexta-feira, 8 de junho de 2012

Um livro de todas as gerações...



"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas."

(trecho de "O Pequeno Príncipe" de Antoine de Saint Exupéry)


Esse livro realmente faz parte da infância/adolescência de muitos de nós. Lembro que quando ganhei da minha mãe ouvi a frase: "Você vai ler esse livro durante toda a sua vida e cada vez que ler terá uma nova forma de olhar o mundo..."
Hoje amanheci com essa frase na cabeça, não sei porquê. Mas gosto de pensar nela quando lembro de coisas que aconteceram na minha vida. Situações inacabadas, responsabilidades não assumidas, promessas não cumpridas, um tempo que não volta mais.
Nem sempre a vida te dá uma nova chance. Mas refletindo nessa frase, penso que fui muito sortuda. A vida me presenteou de novo. Hoje sei o valor que cada pessoa tem, e das coisas ao meu redor. E procuro cuidar de cada uma delas como essa rosinha aí da figura. Sou realmente responsável por elas. Não prometo mais o que não posso, nem assumo compromissos sabendo que não tem como mantê-los. Carrego comigo o lema de que "não faça aquilo que não gostaria que fizessem contigo", isso é respeito, é cuidado, é carinho, é amor pelos sentimentos daqueles que cativei.
Tento regar minha plantinha da amizade e da família como nunca reguei. E tenho colhido muitas coisas lindas em troca. Mas de uma forma natural, nunca imposta. Esse é o segredo.
Nossa! Veja como uma simples frase dá margem a tanta interpretação, ainda mais vindo dessa mente aqui sempre tão cheia de imaginação e idéias. Poderia ficar aqui escrevendo o dia inteiro.
Mas acho que todos nós somos um pouco desse principezinho filósofo.
Que essa mensagem que recebi hoje pela manhã (seja lá de quem foi ou de onde veio) também possa atingir outras pessoas para que reflitam e enxerguem a vida de novos ângulos mais floridos.

(por Yv Luna)

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Abençoado(a) seja...




Abençoado(a) seja você
Que abre a porta da
Mente e vê a beleza de
Minha Mãe Natureza.
Essa é a minha religião.
Aqui está meu o meu
Mistério e o meu coração.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

No meu novo mundinho...



Não protagonizo mais o filme da menina da bolha, pois agora estou fora dela. Num mundo real e cruel criei meu novo mundinho e estou o adorando...(Yv Luna)

"Não sou para todos. Gosto muito do meu mundinho. Ele é cheio de surpresas, palavras soltas e cores misturadas. Às vezes tem um céu azul, outras tempestade. Lá dentro cabem sonhos de todos os tamanhos. Mas não cabe muita gente. Todas as pessoas que estão dentro dele não estão por acaso. São necessárias."



(Desconheço autor)



sexta-feira, 1 de junho de 2012