terça-feira, 30 de junho de 2015

Setenios


A cada sete anos mudamos de ciclo. A cada época temos tons diferentes, e no final da vida tudo se compõe como parte de uma grande sinfonia. Cada passagem é marcada por acontecimentos que levam a vida para uma direção diferente, externas ou internas. Mudanças na percepção em relação ao mundo. Entenda agora os desafios que cada ciclo nos propõe, com o objetivo de nos tornar mais sábios.

0 aos 7 anos: A criança chega ao mundo e é moldada pelas referências dadas pela família. O desafio é crescer e ser bem formada física e emocionalmente. Essa fase é regida pela Lua que se relaciona com o crescimento e o ritmo da rotina, muito importante para as crianças nessa fase de vida.

7 aos 14 anos: A influência vem da família e da escola e o jovem começa a se colocar no mundo. O desafio é fazer vínculos. Regido por Mercúrio, o planeta da comunicação, é a fase de muito movimento e intensas transformações físicas e emocionais.

14 aos 21 anos: O desafio é buscar a verdade e abrir-se para o amor romântico e fraterno. Torna-se importante buscar os seus interesses individuais distintos do grupo de amigos e da família. A fase é regida por Vênus, planeta da paixão e dos relacionamentos.

21 aos 28 anos: É a fase em que começamos a lutar pelo que queremos. Experimentamos um vasto leque de sensações e os limites físicos e emocionais. Regida pelo Sol, essa fase nos projeta para o mundo por meio do trabalho, casamento e outras realizações.

28 aos 35 anos: O desafio aqui é estruturar a vida (construir família, carreira) e colocar regras para si mesmo. Regida pelo Sol, dá sequência a fase de projeção e realizações.

35 aos 42 anos: Essa é a chamada meia idade. O desafio é responder: “qual o sentido da minha vida?”. Regida pelo Sol, nos devolve a às sensações de indefinição vividas aos 21 anos.

42 aos 49 anos: O desafio é priorizar e fazer escolhas baseadas naquilo que realmente se quer. É o momento de ir para o mundo como um guerreiro experiente, levando na bagagem apenas o que é realmente importante. A fase é regida pelo planeta Marte, dos impulsos de conquista e concretização.

49 aos 56 anos: Delegar tarefas, ter serenidade e transmitir tudo que aprendeu é o desafio dessa fase. É regida pelo planeta Júpiter, ligado a sabedoria.

56 aos 63 anos: É a época de aprofundar o autoconhecimento e a beleza interior, aceitando que os órgãos dos sentidos (nossas antenas) começam a se recolher. Por exemplo: é um período que já se fala menos e com mais precisão. Regido por Saturno, o deus do tempo, esse ciclo guarda questões relacionadas à aceitação do envelhecimento e da morte.

A partir dos 63 anos: Com a bagagem de vida e o autoconhecimento adquiridos, o desafio agora é estar mais livre e disponível para ajudar os outros e aprimorar a espiritualidade. Esse ciclo não é regido por nenhum planeta.


(por Luiz Yube para "Da Magia à Sedução")

Nenhum comentário: